DEPARTAMENTO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA E REDE CIDADÃ REALIZAM PRIMEIRA SALA DE VALORES

Data:06 de abril de 2017 às 13:30
Sabemos que a economia do país tem influenciado a baixa oferta de vagas no mercado de trabalho, porém a busca da oportunidade de trabalho tem sido almejada cada dia mais por  jovens talentos e o mercado vem mostrando um cenário diferente para recebê-los a partir da Lei da Aprendizagem (Lei 10.097/2000). Segundo o Coordenador do DPGPSI/FPM - Departamento de Graduação em Psicologia, "a lei da aprendizagem afirma que empresas de médio e grande porte devem contratar jovens com idade entre 14 e 24 anos como aprendizes". Assim, os jovens têm a oportunidade de inclusão social com o primeiro emprego e de desenvolver competências para o mundo do trabalho, enquanto os empresários têm a oportunidade de contribuir para a formação dos futuros profissionais do país, difundindo os valores e cultura de sua empresa. O professor Antoniassi destaca que "as empresas que dão oportunidade a esses jovens notam o valor de se contribuir na formação de novos talentos, promover a inserção social e ter a garantia da segurança jurídica ao adotar a parceria do Jovem Aprendiz". A parceria entre o Curso de Psicologia da FPM e a Rede Cidadã, uma organização não governamental sem fins lucrativos que busca a transformação social por meio da integração entre vida e trabalho como um só valor, conta com o apio da Parceria de Cooperação Educacional e Trabalho, institucionalizada desde agosto de 2015 em Patos de Minas, já tem produzido excelentes resultados, pois este modelo de parceria está "pautado nos valores expostos na estrutura pedagógica do Curso de Psicologia da FPM", ressalta Antoniassi. Segundo a representante da Rede em Patos de Minas e egressa do Curso de Psicologia da FPM, a Coordenadora de Território Tatiana Magalhães hoje são aproximadamente 25 empresas cadastradas no Programa de Aprendizagem contando com 125 jovens inscritos e em campo de trabalho, e já passaram pela Rede e o DPGPSI cerca de 100 jovens. Ambos coordenadores destacam que muitos dos jovens que iniciaram atividades como aprendizes nas empresas, se efetivaram em cargos nas empresas parceiras.  O "Projeto Sala de Valores e Sonhos: crescer e qualificar para mercado de trabalho" foi lançado para melhorar a qualificação dos jovens e trata-se de um módulo de formação tanto da aprendizagem quanto da empregabilidade, que busca restaurar o valor do trabalho na vida; estabelecer compromissos entre o participante, a Rede Cidadã – DPGPSI/FPM e a Empresa Contratante; resgatar a importância dos valores (posturas e atitudes) e dos sonhos (objetivos e metas) no processo de desenvolvimento de todo profissional, entre outros objetivos. No dia 30 e 31 de março foram recebidos para a tarde de Valores e Sonhos cerca de 30 jovens, selecionados entre os 70 jovens inscritos para a Sala. Os jovens passaram por uma tarde em que vivenciaram uma entrevista de trabalho, comportamento e conduta, e treinamento de habilidades e destaque de potencialidades.  A Sala de Valores e Sonhos é conduzida pelas estagiárias de Psicologia do Estágio de Orientação Profissional e Vocacional, vinculado ao Laboratório de Psicologia do Trabalho. A estratégia é estimular nestes jovens o autoconhecimento e fortalecer a confiança para atuação no mercado, além de realizar o jogo de simulação. O Professor Junior Antoniassi destacou que o mais bonito deste projeto é poder oferecer informação, simulação e principalmente possibilidade de emprego. Todos os participantes saíram devidamente cadastrados na Rede Cidadã com a possibilidade de emprego. Tatiana Magalhães informou que com a Sala de Valores, as estagiárias entregaram um perfil dos jovens, o que facilita a triagem de emprego e assim a colocação deles no mercado. Ambos informaram que a "Sala de Valores e Sonhos: crescer e qualificar para mercado de trabalho", ocorrerá mensalmente, os interessados deverão levar seu currículo no CEPPACE (Clínica de Psicologia) no Campus JK, da FPM. E qualquer informação procurar o DPGPSI/FPM na JK, ou ligar (34) 3818 2300.

 

Newsletter